terça-feira, 31 de maio de 2011

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Rap e Leitura


Chamada do BNB Convida Pavão e o Aquilombando postado no blog Guia do Quebrado. Blog muito legal com dicas de eventos gratuitos. Dêem uma conferida. 

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Ode ao Guerreiro


Morre um guerreiro da resistência e luta negra no Brasil e no mundo. Um homem negro que foi muitos. Inspirou e continuará a inspirar muitos e muitas. Entre os inúmeros talentos, Abdias do Nascimento pintava. E seu trabalho é belo. Deixa uma obra que poderá ser apreciada por gerações. Combateu o bom combate e terminou a carreira. Zumbi vive quando a gente luta. Abdias vive quando lutamos! Pequena homenagem ao guerreiro. Asé! 







terça-feira, 24 de maio de 2011

Sexta musical com rap no palco da BNB

             Link: BNB


Nesta sexta-feira, 27, o Projeto Musical BNB Convida - edição 2011, apresenta o grupo Aquilombando que, sob o comando de Pavão MC, promete empolgar o público com o ritmo marcante do rap numa mistura das várias vertentes da música negra. O já tradicional evento acontece no Auditório da Biblioteca Nacional de Brasília (2º andar), a partir das 19h. A entrada é gratuita.

O Aquilombando foi formado em 2005 com a proposta de trabalhar as variadas manifestações negras brasileiras em
Wander Pavão
performances multimídia, usando também suas canções como meio de crítica social. Perto de lançar seu primeiro DVD, intitulado Som Independente, o Aquilombando, apresenta novo repertório, com uma nova formação de grupo. A banda já se apresentou em diversos festivais da cidade, inclusive na Bienal Internacional de Poesia de Brasília (I BIP)

À frente do grupo está o músico Wander Pavão (Pavão MC) que além de rapper é também bibliotecário, mestre de cerimônia, poeta, contador de histórias, desenhista, capoeirista, arte-educador, comunicador e militante. O público vai poder conferir o resultado desta mistura, que promete ser empolgante e divertida, na noite desta sexta-feira.

Venha conferir - Projeto Musical BNB Convida, com o grupo Coletivo Aquilombando, sexta-feira, 27 de maio, a partir das 19h, no auditório da BNB (2º Andar). Entrada franca.
Foto: Tatiana Reis 

segunda-feira, 23 de maio de 2011

O Mestre Jonas Ribeiro



     Fotos Matheus.

Um dos prazeres em ser bibliotecário escolar é entrar em contato com figuras maravilhosas. Há cerca de três anos o projeto de leitura da escola em que trabalho adota os livros do autor Jonas Ribeiro. Sem dúvida uma das pessoas mais humanas que já conheci. É um dos autores infantis mais conhecidos e lidos no país atualmente. Este ano, Jonas alcançará a incrível marca dos cem livros publicados! Seus livros contam histórias simples, cheias de rimas deliciosas com mensagens construtivas. Jonas Ribeiro já visitou mais de mil escolas pelo Brasil. Além dessa dedicação, Jonas ainda é um talentoso contador de histórias. Encanta e fascina qualquer adulto ou criança. Em nosso último encontro não foi diferente. O autor contou a trajetória de seus livros, costurando suas histórias como uma linda colcha de retalhos. Fez um verdadeiro desfile com os maravilhosos personagens que criou até aqui. Não lhe falta disposição para mais cem livros, pois, segundo ele, 'isto é só o início'. Mal posso esperar para descobrir que outros personagens curiosos sairão da mente encantada de Jonas Ribeiro!  

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Voz Ativa!

             Foto Tatiana Reis


Em 2010 fui convidado a realizar uma oficina com jovens de várias cidades-satélites do DF. O projeto Voz Ativa, realização da Central Única das Favelas do Distrito Federal, tem o objetivo de empoderar socialmente estes jovens, para que eles se desenvolvam e exerçam papel de liderança em suas comunidades. Como um dos frutos desse processo, participei da gravação de uma música em parceria com a banda Mona, da cidade do Itapoã. Dessa colaboração saiu a música Voz Ativa, com letra e voz minha e da Mona, guitarras do parceiro Kiko Santana e produção de Ariel Haller. Ouçam aí!  

Voz Ativa by wanderfilhopavao

Brincando com a Lua


Fotógrafo profissional e jornalista científico, Laurent Laveder criou a série Moon Games, composta por diversas imagens que mostram pessoas interagindo com a Lua. Capturando as cenas por um ângulo específico, o artista faz parecer que o satélite está realmente ao alcance das mãos dos homens e mulheres que, posando para as lentes do artista, brincam ela. Especializado em fotos do céu, Laveder faz parte do coletivo The World At Night, que reúne 30 dos melhores astrofotógrafos do planeta. (Fonte: Zupi).






quinta-feira, 19 de maio de 2011

A Festa Literária de Pirenópolis 2011

 
 





Fotos Tatiana Reis


No último dia 14, me apresentei na 3ª Festa Literária de Pirenópolis. Foi um show enesquecível por vários motivos. Além da cidade ser maravilhosamente charmosa, como disse minha companheira Tatiana em outro post, fomos muito bem recebidos e isso faz toda a diferença. Nossa anfitriã, Magda, diga-se de passagem,  é uma verdadeira rainha. A mentora do evento, a autora Íris Borges é outra pessoa de muita visão, ao perceber que o rap é poesia popular e também merece espaço na galeria dos literatos.  A Flipiri está em sua terceira edição e busca se consolidar no circuito das feiras literárias brasileiras, mas também se tornar um evento orgânico para a cidade de Pirenópolis. Extremante saudável a cultura do livro e da leitura. Momento oportuno aos poetas populares buscarem espaço e formarem platéia para o rap brasileiro. Obrigado aos meus amigos e parceiros, Markão Aborígene, Glauber Mc, Raro Mc a o DJ Liso que foram o melhor reforço com quem já cantei. Além disso a cidade trouxe muita inspiração a Tatiana, que rendeu um verdadeiro ensaio fotográfico e ótimo material de divulgação. Valeu amor e valeu Flipiri, em 2012 estaremos lá.  

terça-feira, 17 de maio de 2011

Sobre a Musa e a inspiração



                             Fotos Pavão

Ela é doce
É veneno
É verve, sabor pleno
Lisérgica e sereno


Ela é magnética
Serelepe
Frenética e queixume
É verdadeiro lumi


É volúpia ao e m o
Razão da rima, do riso e do remo
Ela é a melodia, harmonia, ritmo e letra
É a mordida indecente
É libido
É tesão
É falésia do tino
É abismo e VULCÃO


Ela é sacia, facécia, chiste e graça
Ela é desejo que abraça
É púbis na pélvis
É Vênus de Adônis
Do cóccix ao pescoço


Ela é maviosa, charme, ternura
Substantivo feminino concreto
É afeto, colo e candura


Ela é fogo-fátuo
Afrodite, fruto, lótus
Ela é diva, lílula
Flor de Liz, Desliz e fotos.


Poesia Pavão, 2011.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Atomic Tom - Don't You Want Me (dir. Isaac Rentz)


Atomic Tom - Don't You Want Me (dir. Isaac Rentz) from More Media on Vimeo.

Pausa para trivialidades. Assisti um vídeo da banda Atomic Tom tocando uma de suas músicas ao vivo no metrô de Nova York com celulares ifone. Não bastasse a ótima sacada, ainda encontrei esse clipe muito divertido, da música 'Don't You Want Me', um clássico da banda Human League dos anos oitenta. A música faz parte da trilha sonora da comédia 'Take Me Home Tonight', que celebra o clima oitentista. No clipe os atores brincam de interpretar vários filmes da década de oitenta. Os nerds de plantão vão adorar, são quase quarenta referências. Eu me amarrei. O vídeo clipe é dirigido por Isaac Rentz. Referências no site Pipoca Moderna.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Adão Dãxalebaradã



Conheci o som de Adão Dãxalebaradã em 2003. Uma pena não ter conhecido antes. Ouvi o cd dezenas de vezes e fiquei curiosíssimo para saber quem era aquele homem negro de voz rouca, dono de uma poesia maravilhosa e de canções que entraram definitivamente para o meu playlist. Do iorubá, Dãxalebaradã - uma qualidade de Xangô que quer dizer 'princípio, meio e fim' - o Adão dos Santos Tiago (1955-2004), foi autor de mais de quinhentas canções. Ainda foi cantor, compositor e ator carioca. Poeta do Morro do Cantagalo no Rio de Janeiro, foi descoberto pelo diretor Walter Salles no filme 'O Primeiro Dia' (1999). A neta de Adão, Luanda, foi quem insistiu para que o diretor fosse conhecer seu avô. Ao conhece-lo, Walter ficou emocionado em ouvir as canções cantadas por aquela voz ancestral, acompanhada por seu atabaque. Ficou tão impressionado, que ele, Kátia Lund e outras pessoas da equipe produziram o curta 'Somos Todos Filhos da Terra', postado logo a baixo.



Vítima de vários tiros (vários mesmo), Adão estava em uma cadeira de rodas. Mas isso não diminuiu o tesão pela vida, nem tão pouco sua criatividade. O CD denominado 'Escolástica' foi produzido por Antonio Pinto (responsável pelas elogiadas trilhas dos filmes 'Cidade de Deus', 'Abril Despedaçado' e 'Central do Brasil'). As músicas passeiam pelo afropop, reggae, dub, afrobeat, alguns remixes e até rap. Inclusive na faixa 'Deus é Um Negrão' onde Rapping Hood participa. Sua voz rouca evocava um canto primordial cheio de axé. Sua poesia trás o banzo da 'Terra Mãe', mesmo sem nunca ter estado na África. Suas letras denotam um autodidatismo refinado, cheias de reflexões sóbrias sobre o mundo. 



Com saúde frágil, Adão faleceu em 2004 logo após gravar seu único álbum. Deixou um cd, um documentário e o vídeo clipe 'Armas e Paz'. É triste ver que quase passou desapercebido pelo mundo dos homens. Mas como disse o blog Acervo Ayom, ele será lembrado pelos deuses. Axé! 

sexta-feira, 6 de maio de 2011

FOCUS


Focus from Ari Kruger on Vimeo.

Pouca gente sabe falar de amor sem ser piegas. Aliás, nenhum problema em ser piegas. Assumo inteiramente meu pieguismo. 'Focus', do diretor Ari Kruger é um curta muito 'maneiro'. Mostra a ascensão e queda do amor sem ser piegas. Gostei da direção e do texto. A fotografia também é interessante.    

terça-feira, 3 de maio de 2011

Black Cab Sessions com Lykke Li



Esse projeto acústico chamado Black Cab Sessions é muito interessante. A cada episódio um cantor diferente no banco de trás de um carro em movimento pelo centro de Londres. Numa dessas um amigo me apresentou a britânica Lykke Li e sua voz aguda e vibratosa. Gostei.

Jamie Lindell


O cantor e produtor britânico Jamie Lindell tem  algo que considero fundamental em um artista: axé! O axé que contagia, o axé que emociona, aquela energia que torna o artista ainda mais interessante. E o virtuose Jamie Lindell com certeza tem essa característica. Seu álbum de estréia foi 'Multiply'(2005), com misturas de soul music e música eletrônica. Suas performances de palco impressionaram pela energia, virtuosismo e experimentos visuais. Mas confesso que só fui conhecer o cara em 2008, com o  álbum 'Jim', já com um repertório mais convencional do soul. O cantor se apresenta dia 5 de maio na casa noturna Clash Club em São Paulo. Segundo as 'boas línguas' ele retoma a ótima forma com o novo álbum 'Compass' (2010), recheado de novas e inusitadas experimetações eletrosoulfankeiras! Pra aliviar um pouco a fissura de não poder assistir o show do cara, eis uma participação dele em um programa chamado From The Basement, onde quebra tudo com uma improvisação de beatbox!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

O Milagre de Santa Luzia


No último final de semana eu e minha rainha assistimos ao documentário O Milagre de Santa Luzia. Sem dúvida um documentário encantador. O diretor Sergio Roizenblit fez um tour pelo Brasil mostrando a evolução histórica da sanfona, bem como de seus grandes ícones ainda vivos. Para ciceroniar o projeto, o diretor convocou ninguém menos que o excepcional músico Dominguinhos, um dos maiores representantes da sanfona no país. Figuras ilustríssimas do nordeste ao sul do país, contam causos e encantam com a diversidade harmônica e rítmica de seus instrumentos. O diretor Sergio Roizenblit demonstra talento e sensibilidade ao apresentar planos magníficos da caatinga  aos pampas gaúchos. Dono de uma belíssima fotografia, o documentário faz questão de frisar o habitat onde a sanfona se desenvolveu. O encontro de Dominguinhos com os vários músicos é riquíssimo e raro. Aliás, em uma das passagens do filme, observem o momento em que Dominguinhos se encontra com um grupo de vaqueiros, que de maneira espontânea, cantam uma homenagem ao músico em forma de aboio. Em outro momento, o músico nos brinda com um depoimento tocante, seguido de uma performance no mínimo emocionante. Uma dica, são os extras do dvd, recheados de conteúdo pra lá de interessante. Um prato cheio para músicos e amantes da música popular brasileira. Segue o trailer pra dar mais água na boca.